Skip to content

Paul McCartney? Não, obrigado…

06/11/2010

Muita gente me perguntou se eu iria no show do Paul. E, dessas, 95% se surpreenderam quando disse: não, obrigado, Paul é um mala que eu não tenho admiração pela sua carreira solo.

Assustou? Explico.

Paul foi o único Beatle que realmente sobreviveu tocando músicas de uma banda que não existia mais. Paul vende seus shows baseado na “beatlemania” e na vontade que as pessoas têm de ver os Beatles ao vivo, e ouvir aquelas músicas todas que todos gostam e viveram ouvindo. Paul não chegou à 40% da sua capacidade produção na sua carreira solo.

Como posso admirar um artista que baseia sua carreira em músicas de uma banda que foi integrante, mas que acabou? E, pior: do que conheço, ele não fez grandes esforços pra fazer a coisa de outra maneira. Quero dizer: duvido que se Paul quisesse fazer músicas realmente boas, que fossem interessantes e diferentes do que poderia se esperar, ele faria. Ele fez coisas muito boas (algumas quase geniais) nos Beatles (algumas basicamente sozinho).

Porque ficar baseando sua carreira solo na nostalgia de uma banda que não existe e que não era somente dele? Porque, se Lennon e Harrison (Ringo não conta) construiram uma carreira solo boa e criativa, sem se basear nos Beatles, McCartney não poderia?

Por isso, e só por isso: Paul McCartney? Não, obrigado…

Abraços!

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Bruce permalink
    06/11/2010 13:26

    Meio exagerado seu posicionamento Mau…Ele tocar ou não músicas dos Beatles,sendo que metade são dele me parece natural.A banda acabou…sussa…as músicas não.Se tem gente que vai em show de banda cover,nada melhor do que ver o original então!
    E de boa…o Harrison era bom solo,ok…o Lennon,quase tão bom…mas não creio que se não fosse eles terem a base Beatles para, inclusive, fazê-los famosos,teriam feito sucesso…
    No caso do McCartney,não vou ao show porque não gosto o suficiente mesmo.Só isso.

    • Mauricio permalink*
      06/11/2010 19:07

      Normal discordarmos, Bruce… aliás, nesse assunto discordo de 90% das pessoas.

      Agora, Lennon teve uma carreira solo sólida, e Harrison, avesso à POPice e holofotes, não teve sucesso grande, mas fazia composições maravilhosas. Compara-los ao McCartney é covardia, em termos de produção. Paul não tem nada que chegue aos pés do que fez nos Beatles.

      Agora, não falei que é errado ele tocar as músicas de sua antiga banda. Só acho que basear uma carreira solo numa banda que já se foi, é incompetência, simples assim. Se ele é quem parece que já foi (artisticamente), deveria querer mais, e fazer mais ainda.

      Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: