Skip to content

Prêmios que não premiam

16/09/2010

Hoje à noite teremos o VMB 2010. À semelhança do que acontece no Prêmio Multishow de Música Brasileira, esse também é um prêmio decidido por voto popular. Ou seja: quem vota em sua grande maioria são os adolescentes e pré-adolescentes, e quem ganha são sempre os mesmos (sejam as mesmas bandas, ou diferentes mas que são iguais…).

Fico aqui pensando nas razoes e implicações desse tipo de premiação. Na verdade, elas só servem pra reafirmar o que já está aí tocando na rádio, que é o que as grandes gravadoras (grandes?!) investem grana e enfiam goela abaixo de um publico que consome basicamente o que está na mídia de massa.

A verdade é que, quando as emissoras decidem premiar somente baseadas em voto popular, sem prêmios especificamente técnicos ou que são decididos por pessoas que entendem melhor de música, o que elas fazem é tirar o corpo fora.

Pois, na real, o que acontece é que a premiação (e a emissora) não fica mal com a grande maioria das pessoas que a assiste (e que só assistem pois premiam o que elas ouvem e querem…), e fica tudo na mesma.

No final das contas, não é nada alem da reafirmação do investimento feitos pelas gravadoras e pelas emissoras: a premiação premia o que tem investimento, e não o que é necessariamente bom ou interessante, e é quase como uma pesquisa de mercado pra reafirmar o investimento. “Olha só, investimos X mil numa banda que ganhou Y prêmios”… mas a verdade é que, no final das contas, os prêmios são comprados.

Simplesmente servem pra dar alguma credibilidade fajuta a bandas e artistas falsos, sem personalidade, fabricados, e (em sua grande maioria) sem o menor talento.

E então, tudo continua na mesma… engraçado que isso me lembra um outro tipo de eleição que esta pra acontecer, com candidatos fajutos, falsos, de plástico, sem o menos compromisso com nada.

Abraços!

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Bruce permalink
    17/09/2010 12:50

    É, Ruimrício…..a eleição vai se um VMBzão….Exatamente como você falou.Impuseram algo e vão comfirmar que vendeu bem e vai ser apaludido pelos mesmos consumidores que não sabem discernir sobre o que votaram….

  2. Pedro Abrantes permalink
    01/10/2010 12:26

    Grande Maurício, concordo em boa parte do teu post, mas ao mesmo tempo acho q o que rege esta questão é a falta de expectativas dos consumidores e amassificação global do morno!

    Vou tentar explicar….

    Reralmente a tal da inclusão digital temperada com a globalização de informações vem carregada de uma quantidade de informações que não é humanamente possível a digestão instantânea do que possui qualidade ou não…. Nossos ouvidos estão dormentes de informações….são kJf (quilo Joule força) de bandas novas que aparecem todo dia tendando a sorte no mundo com discos gravados em casa (muitas vezes até com qualidade de gravação bem razoável).
    Mas como discernir o q é bom ou não…..como amadurecer aquele timbre ou letra dentro de uma vertente popular já calcificada pela falta de tensões externas?

    Não é estranho pensarmos sempre os “porques” que não existem mais bandas-refencia no mundo como existiam nos anos 60, 70 e 80….até um pouco no início dos 90…..na minha opinião, o grande diferencial das decadas anteriormente citadas é a falta de tranquilidade social…..sejam guerras, mudanças de modelos políticos, crises economicas, e por aí vai….

    O modelo social “inrevolto” hoje amortecido pela abrigo seguro da globalização (onde vc consegue “afago virtual” em comunidades e sites de identificação pessoal) não permite que a expressão da arte, que estamos discutindo aqui: música, reflita qualquer qualidade hoje em dia! Por isso, na minha opinião, TUDO está morno!

    A título de informação….ontem por motivos familiares fui a uma premiação de um canal de TV adolescente e pude presenciar shows de: Luan Santana, Fresno, Restart, NX Zero…….
    Este post veio bem a calhar para eu conseguir economizar em terapia futura 😉

    Abraços,
    Pedro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: