Skip to content

MIDI: um recurso altamente injustiçado…

07/04/2010

Hey, everybody… como estão?

Queria escrever um post sobre um recurso de produção musical / engenharia de som que é um tanto injustiçado por grande parte das pessoas que conheço: o MIDI.

MIDI, sigla para Music Instrument Digital Interface, é na verdade um protocolo de troca de informações entre instrumentos musicais, controladores, computadores e DAWs (Digital Audio Workstations). Através de mensagens MIDI recebidas, o computador executa certos comandos, que geralmente são utilizados como uma forma de ativar notas musicais em samplers plugins (programas de computador que simulam instrumentos musicais ou sons diversos). Porém MIDI pode ser usado para muitos outros tipos de controles: desde simplesmente ativar ou desativar sons, até controlar um computado à distância, não necessitando de mouse ou teclado (através de controladores específicos).

Mas, hoje, quero mesmo é discutir a tecnologia como forma de simulação de instrumentos reais. Através de samplers diversos, é possível ter no seu computador um piano de cauda, um Fender Rhodes, ou qualquer outro instrumento que se possa imaginar: basta comprar ou fazer o download (muitos são de graça) de instrumentos e sons específicos. Esses sons foram gravados dos instrumentos reais que estão sendo simulados, nota a nota, batida a batida, com diferentes intensidades e formas, e formam uma gama de notas que podemos reproduzir através de programações MIDI.

O que muito de discute é que essas simulações não soam como os instrumentos reais. E isso é óbvio. Muitas vezes, dependendo de como é feita da gravação (do instrumento real), ela também não soa “igual”, pelo simples motivo que estamos nos baseando no som que ouvimos ao vivo, diretamente do instrumento – porém, uma gravação possui N estágios de processamento além de X variáveis como posicionamento dos microfones, frequency response dos mesmos, etc.

Fato é que grande parte das pessoas torcem o nariz para instrumentos MIDI. E posso dizer que até estudar o assunto e conhecer realmente samplers e plugins com qualidade profissional, eu era um deles. Hoje, penso diferente. Acho que MIDI é um recurso bastante interessante em muitos casos, e que às vezes pode até ser melhor que o instrumento “real”. Listo abaixo as razões para eu achar esse recurso bastante interessante:

  1. O mais óbvio dos motivos é: 98% do tempo que uso MIDI, não posso ter o instrumento real. Quanto custaria alugar um piano de cauda e o estúdio para grava-l0? Muito! E, muitas vezes, ele é usado em poucos acordes e pequenas partes. Alguns instrumentos são extremamente limitados (existem poucos exemplares) ou difíceis de achar. Imaginem o trabalho, a quantia e a completa impossibilidade de contratar a Filarmônica de Berlin para tocar em uma música ou um jingle. Impossível. Porém, por cerca de 2.000 dólares pode-se comprar os samplers de todos os intrumentos reais, gravados com os reais condutores, e tê-lo para quando for necessário. Soam igual!? Não. Mas já ouvi uma gravação real e a MIDI e posso dizer que soam suficientemente parecidos, especialmente para 99% das pessoas que ouvirão a gravação em ambientes completamente irregulares: os leigos em suas salas, em aparelhos de som de qualidade média ou televisores comuns.
  2. Um sampler de boa qualidade é dificilmente diferido de uma gravação real do instrumento pelo ouvinte comum, especialmente se estiver misturado com outros instrumentos reais em uma música. Não defendo que as coisas têm de ser gravadas de forma ruim, já que muitas pessoas ouvirão a gravação em fones de ouvido péssimos numa altura insuportável, no formato MP3 de pior qualidade. Acho que tudo que é possível ser gravado com qualidade máxima, deve ser. Porém, porque para fazer um jingle, ou mesmo uma música, (normalmente com orçamentos bastante limitados) tenho de usar um instrumento real, gastar boa parte do orçamento em locação de estúdios e microfones específicos, em detrimento de outras partes muito importantes do projeto como mixagem ou masterização!?
  3. A facilidade de programação MIDI é ótima. Eu não sei tocar piano, mas consigo utilizar sons de pianos diversos, para N coisas. Não faço idéia de como tocar bongô, mas sozinho consigo programar uma parte percussiva inteira. Isso dá liberdade às pessoas serem criativas, sem demandar delas que toquem todos os instrumentos que imaginam para compor. É óbvio que o músico real é melhor, mas nem sempre é possível te-lo, certo?! Eu toco guitarra, e posso comprar um receptor MIDI pra ela. Isso significa que, tocando a minha guitarra, eu programe um piano, um sintetizador, uma harpa ou até mesmo uma bateria.
  4. Com MIDI eu posso obter sons que nunca conseguiria com instrumentos reais. Isso se deve ao fato de ser possível modificar completamente os samplers que estou utilizando, através de sintetizadores virtuais, filtros, delays, etc etc etc. Isso tudo, em tempo real. assim fica mais fácil entender o que soa melhor ou pior, e diminui o tempo de composição, gravação e mixagem. Além disso, eu tenho um controle muito maior de como o instrumento vai soar, conseguindo controlar e refazer nota a nota a gravação, até soar do jeito que quero, exatamente.

É óbvio que não acho que os Rolling Stones devam usar um sintetizador virtual, ou que o Elton John deva usar um piano MIDI em seus álbuns. Não é uma ferramenta pra isso, apesar de saber de N artistas grandes que compõe e até gravam em MIDI, pela facilidade e rapidez (e ninguém nem imagina).

Eu só defendo que torcer o nariz pra MIDI em projetos musicais pequenos/médios, jingles e trilhas sonoras é uma bobagem. Gastar muito dinheiro com um instrumento real, em um projeto com pouca grana, é quase como querer comprar uma taça de cristal caríssima e depois só só dinheiro pra tomar vinho Sangue de Boi.

Bem, critiquem, xinguem, opinem, elogiem… sei que essa discussão dá pano pra manga, e que esse espaço é até curto pra explicitar tudo.

Abraços!

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 23/02/2011 20:36

    Gostei da informação, queria esta informação porque vou tentar passar alguns ritimos musicais de psr 520 pra michael kam 500,atravez de uma conexão midi.Vlw

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: