Skip to content

Transa – Caetano Veloso

02/10/2009

Caetano Veloso é um ícone, isso é inegável. “Você é linda”, “Tropicália”, “Podres Poderes”, “Alegria Alegria”, “Sampa”, são só algumas de suas músicas que estão no inconsciente musical brasileiro. Caetano, definitivamente, está entre os “obrigatórios” da MPB.

Um dos seus melhores álbuns, no entanto, está longe de ser mainstream: “Transa”. As bases do álbum foram gravadas ainda em Londres, onde Caetano estava exilado junto com Gil, ele foi terminado, em 1972, quando Caetano já havia retornado definitivamente para o Brasil.

Grande parte das canções foram escritas em inglês e uma delas, Nine out of ten (minha preferida), é considerada um marco por ser a primeira música brasileira a usar compassos de reggae. O mais incrível das faixas do “Transa” são as melodias cheias de vida que contrastam com as letras cheias do saudosismo e da depressão pela qual ele passava na época.

As principais faixas são “You don’t know me”, “Nine out of ten” e “It’s a long way” (essa ganhou uma versão lindíssima para o filme “Meu nome não é Johnny”). Nas três, o português e o inglês são misturados, assim como baixos de reggae, guitarras um tanto rock’n’roll e uma pegada muito baiana que só Caetano tem, resultando em músicas provincianas universais.

Em uma entrevista ao Jornal do Brasil, Caetano declarou

“Foi o Transa que me deu coragem de fazer os trabalhos com A Outra Banda da Terra. Tem a Nine out of Ten, a minha melhor música em inglês. É histórica. É a primeira vez que uma música brasileira toca alguns compassos de reggae, uma vinheta no começo e no fim. Muito antes de John Lennon, de Mick Jagger e até de Paul McCartney. Eu e o Péricles Cavalcanti descobrimos o reggae em Portobelo Road e me encantou logo. Bob Marley e The Wailers foram a melhor coisa dos anos 70. Gosto do disco todo. Como gravação, a melhor é Triste Bahia. Tem o Mora na Filosofia, que é um grande samba, uma grande letra e o Monsueto é um gênio. Me orgulho imensamente deste som que a gente tirou em grupo”.

Para qualquer um que gosta de MPB ou Caetano, o “Transa” é um obrigatório. Na verdada, para qualquer um que gosta de boa música, ele é um obrigatório.

Até a próxima!

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: