Skip to content

R.I.P. Les Paul (1915-2009)

13/08/2009

A música contemporânea hoje perdeu um gênio. O velho Les Paul se foi aos 94 anos. Músico jazzista, guitarrista, inventor, Les Paul fez mais do que apenas inventar um dos instrumentos mais importantes e tradicionais da história da música moderna (e que leva seu nome). Les Paul criou também diversos equipamentos usados em estúdios para gravação e mixagem, e criou muita música assim!

Ele já tocava pouco. Sofria de um artrite muito forte, o que permitia a esse velho guitarrista tocar apenas por poucos minutos por semana, aos quais ele dedicava aos shows periódicos que fazia no Iridium Jazz Club em NY. Les Paul não praticava mais em casa, apenas tocava no palco pois a dor era aguda e insuportável. Mas sua essência continuava toda lá, como podemos ver no vídeo abaixo.

Como bem disse meu amigo Claudio Crotti, também fã do mestre, Chet Atkins deve ter recebido seu velho parceiro de braços abertos e guitarras em punho nos palcos do céu.

Hoje é um dia triste para o mundo da música, e no mundo da guitarra. Aqui no blog, eu e o Maurício temos as guitarras do Les Paul. E a maioria absoluta dos meus amigos guitarristas também tem. Essa paixão justifica o nome escrito no headstock, pois mais do que todos nós, Les Paul amava tocar sua guitarra. Em entrevista dizia que sua  guitarra era sua mulher, amiga, psicóloga e bartender, pois quando ele tinha algum problema ele pegava a guitarra para tocar e tudo desaparecia. Que este era o maior poder do mundo!

Gibson_Les_Paul_Gold_Top_Headstock

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 13/08/2009 15:03

    É meu amigo. Mais um grande heroí se vai. E nessa soma a gente na verdade subtrai ! Porque a gente sabe que já não se fazem mais homens como os de antigamente. Les Paul vai ser a ausência simbólica de uma época que não voltará jamais ! O fim do ínicio de tudo! Les Paul é um dos responsáveis pelo que nos somos hoje !

    Um abraço, triste !

    Abraços

  2. Fernando permalink
    13/08/2009 20:18

    Descanse em paz, Lester.
    Gostaria eu de fazer na minha vida pelo menos metade do que ele fez pela música.
    Lamento a perda, mas temos a certeza de que toda sua contribuição jamais será esquecida. E isso me consola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: